sexta-feira, 31 de março de 2017

I'm feeling twenty-three uuuhuuu uuuh huuu


Tá, eu sei que a música da Taylor Swift é com 22 anos, maaaas os 22 anos acabam de ficar pra trás, dando lugar aos 23! Parabéns pra miiim! 

Dia 31 de março é um dia muito importante, porque lá em 1596 nascia René Descartes, o ~pai~ do plano cartesiano! hahaha E um pouquinho mais tarde, em 1994, nascia euzinha! Palmas, palmas! 

Aqui embaixo, vocês veem eu, no meu aniversário de 2 anos, já triste, pensando que com aniversários e presentes também vem a idade HAHAHA

Queria saber o porquê dessa
minha cara! haha

E hoje com 23 anos vim aqui compartilhar 10 fatos (porque 23 seriam muitos!) que aprendi, vivi ou me marcaram por algum motivo durante esse último ano :)

1) Eu ainda amo cor de rosa! Achei que quando eu crescesse, minha cor favorita ia mudar, mas não, ainda é la vie en rose.

2)  É muito bom ganhar o próprio dinheiro! Esse ano iniciei minha vida de trabalhadora, e um salariozinho é sempre bem vindo :)

3) Amizades vão e vem, e é sempre legal fazer novos amigos ^_^

4) Usar batom colorido faz eu me sentir A Diva e é a alegria de cada dia. Esse ano passei a amar mais maquiagem, e o batom colorido é a minha parte favorita <3

5) Escrever no blog e ter um feedback é super legal! Adoro os comentários e participação de todo mundo o/

Foto aleatória de uma rosa, que é minha flor favorita sempre presente nos meus aniversários haha

6) É possível aprender coisas novas todos os dias

7) Dirigir é mais difícil do que eu imaginava! Mal sabia eu que fazer auto escola não ia ser 100% alegrias e liberdade haha

8) Cozinhar é uma terapia <3 sempre gostei de culinária, mas cada vez mais acho mais interessante e um ótimo hobby.

9) Passar protetor solar é muito importante! Parece dica de vó, mas é necessário e faz bem pra pele =P

10) A vida passa rápido, mas dá tempo de fazer muitas coisas! Se você quer, você pode! =D


Então é isso, pessoal! O post de hoje era só pra marcar o dia e ficar mais descontraído hahaha Espero que ano que vem eu volte com um post cheio de coisas novas que fiz durante os 23 anos x)

quarta-feira, 29 de março de 2017

What's my age again?

O fim do mês de março é considerado por mim a época mais legal do ano. Por quê? Porque meu aniversário é no último dia do mês! Uhuuul o/ Todas pira! Graças a boa vontade da médica da minha cesárea, eu não nasci no dia primeiro de abril, dia da mentira. O que é foi muito legal da parte dela, já que piadas sobre "mentira" e "pernas curtas" não iriam faltar LOL

Pois bem, nasci em 1994 ano mais legal e, segundo minhas contas, faço 23 anos. Isso me faz cantar loucamente a música What's My Age Again?, do Blink-182, pensando que colocarei uma frase dela na legenda de alguma foto na sexta-feira, hihihi. A motivação do post de hoje foi encontrar outras músicas que falem de idade ou aniversário, pra você aí, que estiver comemorando mais primaveras, possa se inspirar e cantarolar por aí, ou também usar de legenda nas fotos, ou apenas se identificar. Algumas falam de idades específicas, outras de aniversário, de sentimentos sobre a idade... Animados? Vamos ver! =D

What's My Age Again? - Blink-182


"Nobody likes you when you're 23
And you still act like you're in freshman year
What the hell is wrong with me?
My friends say I should act my age
Whats my age again?
[...]
No one should take themselves so seriously
With many years ahead to fall in line
Why would you wish that on me?
I never want to act my age"

(Trad.: Ninguém gosta de você quando você tem 23 anos
E você ainda age como se estivesse no primeiro ano
O que tem de errado comigo?
Meus amigos dizem que tenho que agir de acordo com a minha idade
Qual é a minha idade mesmo?
[...]
Ninguém devia se levar tanto a sério
Com tantos anos pela frente pra entrar na linha
Por quê espera isso de mim?
Eu nunca quero agir de acordo com a minha idade)

Hello Cold World - Paramore


"Twenty-two, is like
The worst idea that I have ever had
It's too much pain, it's too much freedom
What should I do with this?
It's not the way you plan it
It's how you make it happen"

(Trad.: Vinte e dois anos é como
A pior ideia que já tive
É muita dor, é muita liberdade
O que eu deveria fazer com isso?
Não é do modo que você planeja
É o modo que você faz acontecer)

22 - Taylor Swift



"Yeah, we're happy, free, confused and lonely at the same time
It's miserable and magical
[...]
I don't know about you, but I'm feeling 22
Everything will be alright if you keep me next to you
You don't know about me but I'll bet you want to
Everything will be alright if we just keep dancing like we're... 22, 22..."

(Trad.: Estamos felizes, livres, confusos e sozinhos ao mesmo tempo
É triste e mágico
[...]
Eu não sei sobre você, mas eu estou me sentindo com 22 anos
Tudo ficará bem se você me manter por perto
Você não sabe de mim mas aposto que você quer saber
Tudo ficará bem se nós continuarmos dançando como se tivessemos 22 anos)

22 - Lily Allen


"When she was 22 the future looked bright
But she's nearly 30 now and she's out every night
I see that look in her face she's got that look in her eye
She's thinking: How did I get here? And wondering why"

(Trad.: Quando ela tinha 22, o mundo parecia brilhante
Mas agora ela tem quase 30 e sai toda noite
Eu vejo no rosto dela, ela está com aquele olhar
Ela está pensando: Como cheguei aqui? E pensando porquê) 

17 - Avril Lavigne


"We were on top of the world
Back when I was your girl
We were living so wild and free
Acting stupid for fun
All we needed was love
That's the way it's supposed to be
Seventeen"

(Trad.: Nós estávamos no topo do mundo
Quando eu era sua garota
Nós vivíamos rebeldes e livres
Agindo estupidamente por diversão
Tudo que precisávamos era amor
É como isso deveria ser
Dezessete anos)

Fifteen - Taylor Swift


"'Cause when you're fifteen and
Somebody tells you they love you
You're gonna believe them
And when you're fifteen
Feeling like there's nothing to figure out
Well, count to ten, take it in, this is life
Before you know who you're gonna be
Fifteen"

(Trad.: Quando você tem 15 anos e
Alguém diz que te ama
Você vai acreditar
E quando você tem 15 anos
Sentindo como se não houvesse nada para descobrir
Bem, conte até dez, respire, é a vida
Antes de saber como você será
Quinze anos)

23 - Shakira


"Hey do you believe
Do you believe in destiny?
‘Cause I do as I did then
When you were only 23"

(Trad.: Hey, você acredita
Acredita em destino?
Porque eu passei a acreditar
Quando você tinha só 23 anos)

Birthday - Selena Gomez


"Tell 'em that is my birthday
When I party like that
Every night's my birthday
They don't know, so it's okay
Tell 'em that it's my birthday
When I party like that"

(Trad.: Conte a eles que é meu aniversário
Quando eu festejo assim
Toda noite é meu aniversário
Eles não sabem, então tudo bem
Conte a eles que é meu aniversário
Quando eu festejo assim)

Birthday - Katy Perry


"So make a wish
I'll make it like your birthday everyday
I'll be your gift
Give you something good to celebrate"

(Trad.: Faça um pedido
Eu farei como se fosse seu aniversário todo dia
Serei seu presente
Te darei alguma coisa boa para celebrar)


A da Shakira confesso que nem conhecia, mas achei super legal. E Fifteen, da Taylor, acho que todo mundo conhece, né? Tocou taaaanto há uns anos atrás!

Curtiram? Espero que tenham gostado! Sexta-feira eu volto, já com 23 anos! hahaha


P.S.: Adorei os comentários do último post, da Máscara Removedora de Cravos! Tem muitas dicas e vou tentar de novo com uma nova tática e volto pra contar pra vocês se der certo! hahaha Obrigada, gente! <3

segunda-feira, 27 de março de 2017

Comprei a máscara preta e fiquei triste


Já faz um tempão que vejo todo mundo postando nas redes sociais sobre as tais máscaras pretas, que removem cravos que é uma beleza. Eu tenho a pele bem ruim, então falou em "cravo" ou "pele acneica", prometendo milagres, já tô lá pesquisando e fazendo um teste. Essas máscaras pretas foram um sucesso, prometendo limpar os poros, remover oleosidade e cravos, e se bobear, até pelinhos que estejam por ali. Se eu tava animada pra comprar? Ahhh, eu tava! Até que achei no centro da minha cidade essa Black Head Pore Strip, por R$5,00. 

Emocionada fiquei quando abri o pacotinho e finalmente ia poder usar. Na parte de trás, diz para limpar a pele e aplicar, esperar 30 minutos e remover. Só isso. A consistência dela é bem grossinha, e até que tem um cheiro decente. Bem forte, lembra cheiro de limpeza. Passei uma boa camada na zona T do rosto e esperei secar. Aproveitei esse tempo pra fazer Snap com a cara preta e assustar todo mundo. E pra falar a verdade, foi só pra isso que ela serviu.

Vi bastante gente falando que ela puxava tudo e até doía. Ela fica bem grudadinha na pele e é super fácil de puxar, não senti dor. Só que também não removeu NADA. Sei lá, fiz como diz nas poucas informações da embalagem e não vi diferença nenhuma. Só arranca algumas pelezinhas mortas ali, se o rosto estiver meio descascando. Não sei se o problema fui eu, ou a marca, ou o que. Mas não vi resultado nenhum. E daí fiquei triste :( Nem sabia se ia falar dela aqui, mas de repente alguém já usou e me dá umas dicas x)

Uma vez fiz aquela receitinha caseira da gelatina com leite, que é para os mesmos fins. Ela não fica com a consistência igual, é meio ruim de puxar, e fede, mas senti que faz mais efeito. Quero ver se acho algo similar pra testar, mas essa daí foi só tristeza que não cabe nesse coraçãozinho gelado :(

Alguém já usou? Me contem aí nos comentários o que acharam! =D

sexta-feira, 24 de março de 2017

Quando eu quase virei uma calopsita - STAG

Oie!

O post de hoje é um pouco diferente. Ele faz parte de um projeto do QG dos Blogueiros. Fui taggeada pela Clarissa, do blog Próxima Primavera, pra contar #AquelaHistória. Pensei, pensei, pensei numa história pra contar e acabei vendo que não faço nada de emocionante da vida, então aí vai um fato que aconteceu comigo anos atrás e até hoje eu fico com pena de mim mesma ao lembrar haha

Here we go!



Até lá por 1999, eu era uma criança bem loirinha e, de vez em quando, até simpática (haha). Só que a natureza resolveu que meu cabelo ia escurecer, até eu me tornar morena, sem nem saber se eu realmente queria ser morena. Dammit, genetics! Eu gosto de cabelos de todas as cores, mas os loiros mexem comigo, e é dessa cor que eu queria que ele ficasse. Acho que tem mais a ver comigo, além de que adoro mudar o visual. Enjoei da minha cara igual sempre, e como mudar ela não estava nos planos, resolvi mudar o cabelo mesmo. Então, em 2009, resolvi que era a hora de fazer umas mechas loiras no cabelo, e lá fui na minha cabeleireira de anos, que sempre mantinha minha franjinha no lugar certo e sabia direitinho cuidar do meu cabelo. Mal sabia eu que ia passar por uma experiência um tanto quanto traumática...

Bom, o Dia da Mudança chegou e eu estava super animada. Ansiosa que sou, mal podia esperar pra ver o novo look. A minha cabeleireira da época (prestem bem atenção, da época) era muito querida, super falante porém tinha a atenção desviada rapidamente. Ela que tocava todo o negócio, atendia, marcava hora, recebia pagamentos e tudo mais. Incomodava um pouco, já que uma hora ela estava ali, cortando as pontinhas duplas, e logo já estava na porta informando o valor de alguma coisa. Mas era ela que cuidava dos cabelos de muita gente da minha família, então apesar da demora a cada vez que íamos lá, sempre acabávamos voltando.

Pois bem, eu escolhi fazer as tais "luzes" no cabelo com touca, em vez de fazer com papel laminado. Achava que ficava mais bonito, e eu queria ficar bem loira. E lá foi ela, puxou o cabelo por todos buraquinhos da touca, colocou o produto e deixou agir. Passado algum tempo, ela foi olhar e falou "Ah, mais uns 5 minutinhos e já tá pronto!". Uhuuul, loira, loira, loira!

Só que lá no fim dos 5 minutinhos, entrou um rapaz pedindo mil informações e ela simplesmente não se livrava dele, e esqueceu que eu estava lá, ficando loira de modo exponencial. Eu só sentia a minha cabeça ficando quente por causa do produto, e meu coração batendo forte. Meu cabelo estava sendo cozinhado pela demora, mas né, uns minutinhos a mais não iam fazer diferença... Eu ia sair a Gisele Bundchen de qualquer jeito.

E finalmente ela veio tirar. Só que meu cabelo ficou tão fraco que começou a quebrar todo quando ela tirava a touca. Eu ainda estava animada pra ver o resultado, nem sabia do problemão que tinha dado. Quando ela secou, deu pra ver vários fios super loiros, e super quebrados, em toda a volta da minha cabeça. Eu estava literalmente com um topete de calopsita. só que em todo cabelo, e não de um modo fofinho. Mirei na Gisele e saí a Cacatua.

Estava seco, espetado, e ela não parava de passar óleo pra tentar ajeitar tudo. A única sensação que eu tinha era choque e nem conseguia reagir. Minha mãe também olhava perplexa, sem saber o que fazer. Quando ela terminou tudo, eu fui pra casa e fiquei quase uma semana sem me olhar no espelho. Meu sonho de ficar loira acabou se transformando numa realidade quase careca, com o cabelo seco e quebrado. Acho que foi uma das piores experiências de toda a minha vida. Só queria ir pra longe pra ninguém me ver, até que o cabelo ficasse parelho novamente. Foi um caso de Quase-Irene hahaha (entendedores entenderão)

Um ano depois, acabei tonalizando o cabelo para um tom meio ruivo, e demorei muito pra me aventurar de novo nos loiros. Mas nunca mais no mesmo salão.

O que eu aprendi com essa experiência? Mudanças no cabelo mexem muito com a nossa auto estima. Positivamente, ou não. Mas cabelo cresce. Se errou uma vez, tem sempre chance de tentar de novo, de outro jeito, em outro lugar. Nem sempre as coisas acontecem do jeito que a gente espera.

Ah, acho que isso vale pra tudo na vida. ;)

Ah, de novo, e escolham bons profissionais, haha.

****************************************************

Bom, no fim eu tenho que indicar 5 blogs pra responderem a tag #AquelaHistória pra participarem do projeto. Mas dessa vez vou ser muito danadinha e deixar em aberto pra quem quiser responder :)

Gostaram da história? Se responderem, me avisem aí pra eu ver também! =D


quarta-feira, 22 de março de 2017

TAG: 40 Perguntas de beleza - Pt. 1/2

Queria fazer algum post diferente sobre maquiagem, e decidi procurar uma TAG sobre o assunto. Lembrei que vi há um tempo atrás no blog da Lia Camargo uma TAG de 40 perguntas sobre beleza e achei elas bem legais, são todas sobre seus favoritos e mais usados, de várias categorias. Decidi dividir em duas partes pra não ficar tão cansativo :)

Here we go!

Perguntas:

1. Quantas vezes você lava o rosto por dia?
Quando acordo e quando vou dormir.

2. Qual é o seu tipo de pele?
Oleosa, e bastante!

3. Qual é o seu creme para o rosto favorito?
Hidratante noturno, da Panvel Faces. Bem denso e não deixa a pele oleosa.

4. Você esfolia o seu rosto?
Sim, com mel. É o melhor esfoliante que existe! 

5. Você tem sardas?
Não.

6. Usa creme para a região dos olhos?
Ainda não! haha

7. Tem problemas com acne?
Sim, muitos e não vejo a hora de me livrar deles x.x

8. Usa creme para espinha?
Uso tudo que encontro! Gosto muito de um gel secativo, da Panvel Faces, e passo ele de vez em quando.

9. Qual base você usa?
Minha base favorita do momento é a Matte da Ruby Rose. Melhor descoberta ever <3

Creme pro rosto, pra espinhas e base favorita.

10. Qual é o seu corretivo preferido?
O corretivo em pasta, da Panvel. É bem baratinho e acho a cobertura ótima.

11. O que você acha de cílios postiços?
Acho lindos, mas nunca usei. Quero muito aprender.

12. Você sabia que deve mudar de máscara de cílios de 3 em 3 meses?
Sabiaaaaa. Mas mudo? Não :x

13. Qual é a sua marca de máscara de cílios preferida?
No momento, a Máscara Escândalo, da Quem Disse, Berenice?.

14. MAC ou Sephora?
Ruby Rose, porque consigo pagar HAHAHA

15. Quais são os seus acessórios de maquiagem preferidos?
Amooo pincéis, mas se tivesse que escolher uma coisa, seria a esponjinha <3

Corretivo, máscara e acessório preferido.

16. Usa primer nos olhos?
Não!

17. E no rosto?
Também não. Nunca usei =O

18. Qual é a sua sombra favorita?
Gosto muito de um duo marrom, que veio num kit que comprei na Debenhams, em Londres, há uns seis anos. Sim, ainda uso e tá uma maravilha.

19. Usa delineador em gel ou líquido?
Líquido (quando consigo usar hihi), mas acho que em gel deve ser bem mais fácil de passar.

Sombra e delineador.

20. O que acha de pigmentos?
Acho lindoooos, mas nunca usei =O

Alguém aí já respondeu essa TAG? Se já, me contem aí! Ou me digam quais os favoritos de vocês =D

segunda-feira, 20 de março de 2017

Corretivo 2 em 1, da Ruby Rose


Ai gente, vocês prometem que não ficam brabas comigo se eu vier aqui falar da Ruby Rose de novo?? Não né? Até porque vou falar do mesmo jeito hahahaha Sorry! :x

Já são inúmeros posts aqui no blog, mas não me canso. Vejo uma novidadezinha com uma resenha boa que já fico animada. E ajuda muito que a marca tem ótimos preços, então consigo comprar um agradinho de vez em quando hihihi

Preparadas pra ouvir falar do Corretivo 2 em 1, da Ruby Rose?! "Siiiim!" hahaha

O achado da vez foi essa belezinha, que de um lado é corretivo líquido e do outro é corretivo em bastão. Vou confessar que não sou a maior fã de corretivo em bastão, mas esse achadinho custou só R$6,50 (como que essa marca consegue???) então resolvi arriscar. E vocês duvidam que não amei??? Amei siiim!

Corretivo em bastão.



Corretivo líquido.



Comprei a cor L1, que é a mesma da base que eu tenho da marca. A moça da loja disse que esse era branco que nem papel, mas nem me abalei. Gosto mais clarinho pra iluminar, além de que nasci fazendo cosplay de palmito. Ficou ótimo em mim! Ambos lados são super sequinhos e duram bastante. No site, encontrei 6 cores dele.


A cobertura dele é ótima! Dá pra construir camadas e é um dos melhores corretivos que já testei. Tem cheirinho de vó, suave, que não incomoda. Eu até que gosto haha


A embalagem é bem prática, você pode levar ele na bolsa e já conta com os dois tipos. O que não gostei é que o pincel do corretivo líquido é grudado na parte maior, ou seja, na mais pesada. Achei que isso dificulta um pouco a aplicação. Seria melhor que o pincel fosse a parte "móvel", entendem??? Tirando isso, foi tudo alegria.


Resumindo: nota 1000! Fico chocada com o custo benefício dos produtos, nunca tive nenhuma decepção. Como será que conseguem??? Tiro meu chapéu x)


 Vocês gostam desses posts de produtos baratinhos? Me contem aí nos comentários se gostam e se conhecem!

sexta-feira, 17 de março de 2017

Testando DIY da Internet: Quadrinho de Botões

Lá venho eu de novo com DIY. Nem vou repetir o quanto eu gosto de fazer eles hahaha

Mais uma vez vou testar uma inspiração que vi na internet. Escolhi fazer um quadrinho com moldura de botões, pra por na minha parede de quadros. Quando pintei o quarto, uma parede ficou bem ruinzinha devido à bricolagem, ou sei, minha falta de conhecimento sobre o assunto pintar e rebocar parede. Pra isso, resolvi colocar alguns quadrinhos nela, mas queria coisas diferentes e de várias formas e tamanhos. Achei essa ideia ótima e parti pro abraço.

Vocês podem ver aqui e aqui algumas inspirações desse modelito.

Será que deu certo? 

O que usei:
  • Uma moldura pra foto. A minha é pra fotos tamanho 13x18cm, e paguei R$5,90. Feita de MDF;


  • Cola para artesanato. Usei uma de silicone, mas não indico porque demora muito pra secar, talvez cola quente seja melhor;

  • Pincel e tinta, pra pintar o fundo;


  • Botões. Muitos deles. MUITOS. Comprei de vários tamanhos. Uma caixinha com 100, de aproximadamente 1cm de diâmetro saiu R$2,70. 



Primeiro pintei a madeira com tinta branca, pra servir de fundo. Depois fui espalhando os botões por cima. Escolhi fazer preto, branco e cinza pra ficar neutro e eu não enjoar logo. Vocês não sabem a dificuldade de encontrar botões cinza nessa cidade, por isso vão ver poucos deles hahaa 

Fiz uma conta por cima, e vi que ia precisar de quase 200 (!!!) de 1cm de diâmetro. A princípio achei que a conta estava errada, mas pensei "não, Raquel, você vai ser engenheira, tem que ter feito a conta certa!", e no fim usei aproximadamente 150, porque comprei de vários tamanhos. Então a melhor ideia é comprar vários maiorzinhos e deixar pra preencher os buracos com os menores. Nas fotos que tinha visto, eles colocaram os botões uns por cima dos outros, mas achei que assim ficava mais clean e também gastava menos botões, porque né, 200 botões é DEMAIS.

Depois que espalhei todos, comecei a colar :)




 O resultado final foi esse, tcharan!:


Gostei bastante de como ficou. A foto desvalorizou um pouco por causa dos botões e fundo brancos, mas garanto pra vocês que ficou bem bonitinho. Agora só preciso imprimir uma foto desse tamanho pra ficar ainda melhor.

Minha dica: não subestimem a quantidade de botões que vão utilizar, porque é realmente muito.

E aí, o que acharam? =D


quarta-feira, 15 de março de 2017

Séries que eu abandonei...

...mas um dia vou terminar! hahaha


Eu adoro séries e filmes, mas não tenho lá muito tempo pra assistir. Quando estava no colégio a long time ago, comecei a assistir várias e amava todas. Porém, o tempo foi passando, as séries entravam em férias, tinham episódios enrolados, demoravam pra continuar, e acabei largando. Reuni aqui nesse post algumas delas, que abandonei, mas ainda assim amo e um dia quero continuar a assistir :)


New Girl

Eu amo a Zooey Deschanel, e foi por isso que comecei a assistir essa série. Adoro uma comédia com romance, e essa série era a história de Jess, uma garota jovem que ia morar em 3 caras solteiros. Ela era super engraçada e desastrada, e com o tempo ia aprendendo a conviver com seus colegas de apartamento. A série começou a ser gravada em 2011, e hoje está na sexta temporada.


(Fonte)

Pretty Little Liars


Essa é uma das minhas séries favoritas, tanto de TV quanto de livros. A história do desaparecimento de Alison me intriga até hoje, porque quando parei de assistir, lá pela terceira temporada, nada ainda tinha sido resolvido. Um dos motivos porque parei de assistir foi a imensa enrolação com tudo, e o quanto a série estava se distanciando do enredo dos livros. Eu ficava bem confusa com os acontecimentos com os personagens, e decidi só retomar assim que a série terminasse. Ela começou a ser transmitida em 2010, e as gravações se encerraram no fim do ano passado, na sétima temporada. Sinto muita falta da personagem da Ashley Benson, a Hanna, e não vejo a hora de voltar a assistir <3

(Fonte)

2 Broke Girls


Esse sitcom foi ao ar pela primeira vez em 2011, bem na época que eu acompanhava mais séries. Decidi começar a ver por causa do enredo: duas garçonetes, com diferentes histórias de vida e com sonhos distintos, tentando a vida. Max vinha de família mais pobre, que fabricava cupcakes, e Caroline, que tinha uma vida cheia do bom e do melhor, mas que ficou pobre após alguns acontecimentos com o pai dela. A série aqui no Brasil se chama Duas Garotas em Apuros (adoro essas traduções... mas essa até que combinou), está na sexta temporada e o que eu mais gostava era dos episódios curtinhos, de 22 minutos, e bem divertidos.


(Fonte)

Friends


Por último, e não menos importante, a primeira série que acompanhei na vida, com a melhor música de abertura, os melhores atores e a melhor história: Friends! Parece meio controverso que eu tenha abandonado essa série e goste tanto, mas parei de ver por falta de tempo mesmo. No total, são 10 temporadas transmitidas de 1994 (só coisas boas nasceram nesse ano :x) até 2004. O sitcom conta a história de 6 amigos que vivem em Nova York, começando com Rachel indo morar com Monica após seu casamento não ter dado certo. Ai, nem sei o que mais falar dessa série, só sentir <3 <3 <3 


(Fonte)


E aí pessoal, já assistiram alguma dessas? Gostaram ou abandonaram? Me contem aí nos comentários! :D

segunda-feira, 13 de março de 2017

Blush Mosaico, da P&W Cosmetics

Sabem o que tem hoje? Resenha de mais um produtinho baratinho! Mas não é da marca que vocês tão pensando não hahahaha Hoje vim falar do Blush Mosaico, da P&W Cosmetics. 

Quando vi ele foi amor à primeira vista. Olha que coisa mais linda! Sempre babo nesses blushes mosaico, tem um da Vult que é bem parecido, mas nunca tinha achado um com um preço legal (ou seja, que eu possa pagar sem chorar haha). Esse custou R$8,40 e fez o meu dia hahaha




Eu já tinha usado um pó compacto da marca, mas que ficava um pouco escuro pra mim. Então esse foi o primeiro que realmente pude testar. A pigmentação dele é ótima! Aí na foto não dá pra ver direito, mas tem que cuidar pra não passar no rosto e ficar com o aspecto de chinelada na cara. Não pode pesar a mão! Acho que o efeito fica bem legal, porque mistura os tons mais marrons com o rosa, misturando bem direitinho.


A embalagem dele é normal, a graça se dá ao efeito das rosas desenhadas, com as cores que se completam pra deixar um tom lindo na pele. Fiquei chocada com a qualidade. Tinha medo de não pigmentar, e até acho que poderia ter escolhido uma cor mais clara. Olhei no site da marca e vi 6 cores, com misturinhas diferentes, de rosa, roxo, branco e marrom. Ah, e ele tem 6g.
Enfim, foi só amor <3 nada como achar um produtinho com ótimo custo benefício pra alegrar nosso dia hahaha



sexta-feira, 10 de março de 2017

Animações pra animar nossa vida


Sou uma grande fã de Disney, mas principalmente de animações, sendo desse ~mundo mágico~ ou não. Também curto filmes com humanos de verdadinha, mas animações são leves e engraçadas, perfeitas para passar o tempo. Venho percebendo uma certa falta de inovação nessa área, com poucos filmes lançados ou muitas continuações da mesma série. Ou talvez conforme cresci fiquei mais chata e mais seletiva. Nunca saberemos.

Reuni aqui várias animações que fizeram parte da minha infância, ou que assisti já depois de velha (LOL), mas que mesmo assim adoro. Gosto daquelas que são bem engraçadas, ou acima de tudo passem uma boa mensagem. Espero que meus filhos do futuro amem tanto animações quanto eu, assim terei uma bela desculpa pra ir no cinema assistir hahaha




Meu Malvado Favorito
Essa é uma das animações mais recentes que eu amooo! Tá todo mundo meio saturado de Minions and stuff, mas sério, é tão fofinho e acho que nunca vou enjoar. O primeiro filme saiu em 2010, o segundo em 2013, o filme só dos Minions em 2015, e o terceiro está previsto para junho desse ano. #ansiosa :)


(Fonte)


Frozen
Nunca fui muito ligada em princesas da Disney, então demorei muito pra assistir esse e até hoje me arrependo de ter levado tanto tempo. Que filme! Sou simplesmente apaixonada pela Princesa Anna e pela trilha sonora do filme, com a música Let It Go da Demi Lovato. Ah, o filme foi lançado em 2013.
Lerigoooooooo...


(Fonte)


Procurando Nemo / Procurando Dory
Quando o filme do Nemo saiu, em 2003, eu estava na terceira série e fui assistir no cinema. Ameeei a história, acho a mensagem por trás de tudo super linda e mal podia esperar pela sequência. Ano passado, 2016, foi lançado o Procurando Dory, muito aguardado. Pra ser bem sincera, eu achava que nunca ia sair hahaha os filmes são super lindinhos e indico pra todo mundo <3




101 Dálmatas
Agora chegou a parte da cachorrólotra aqui! Assisti esse filme quando era beeem pequena, ele saiu em 1997 e desde então é difícil achar algum outro filme que eu goste tanto. Pra mim, quanto mais dogs melhor, então o que dizer de 101 fofuras dessas?? Eu prefiro a versão com os cachorrinhos de verdade, mas essa também é só amor <3




Monstros S.A. / Universidade Monstros
Outro filme da categoria: VALEU PELA CONTINUAÇÃO! O primeiro saiu em 2001 (nem parece que foi há 16 anos!), e o segundo em 2013. A história de toda a indústria e vida dos monstros é super engraçada, sem esquecermos da fofíssima Boo, que dá toda uma graça a mais na história *-*

E aí, qual a animação preferida de vocês? Ainda curtem assistir? =D Sei que muita gente vai dar falta de O Rei Leão, mas juro que nunca assisti. E sim, fico envergonhada em dizer isso haha